Camisa de Vênus faz bela homenagem a Raul Seixas com show no...

Camisa de Vênus faz bela homenagem a Raul Seixas com show no Circo Voador

2485
0
COMPARTILHAR

Sábado (18/03) foi dia de celebrar o grandioso Raul Seixas no Circo Voador com o show especial Camisa Toca Raul, onde o Camisa de Vênus revive os clássicos do cantor. A noite contou com abertura da banda sergipana The Baggios.

O The Baggios deixou o público devidamente aquecido com seu blues rock de primeira qualidade. O grupo formado em Sergipe teve como inspiração Raul Seixas e também prestou ao ídolo em sua apresentação. Além de saudar o rock nacional, o grupo também homenageou Chuck Berry, que faleceu no dia do show, tocando o clássico “Johnny Be Good”.

Por volta de uma da manhã foi a vez de Marcelo Nova fazer seu tributo a Raul Seixas. O músico era amigo de Raul Seixas e parceiro musical e juntos eles gravaram o álbum “Panela do Diabo”, último trabalho de Raul. Com tanta história para contar sobre o músico, Marcelo Nova é o roqueiro brasileiro mais indicado para dar vida ao repertório de Raul.

A apresentação começou o clássico “Al Capone” e “Cowboy Fora da Lei”, colocando o público para cantar com grande animação.  A cantoria do público estava tão sincronizada com Marcelo Nova que em certo momento do show ele agradeceu o backing vocal da plateia.

O repertório foi sensacional e fugiu da linha tradicional dos tributos a Raul Seixas que costumamos ver. “Século XXI”, “Carpinteiro do Universo”, “Muita estrela pra pouca constelação”, “Rock ‘n’ Rol” foram alguns dos clássicos menos populares que fizeram a alegria do público. Mas claro que também não ficaram de fora os mais populares como “Pastor João e a Igreja Invisível”, fruto da parceria entre Marcelo Nova e Raul Seixas, e “Sociedade Alternativa”.

Além das ótimas canções de Raul Seixas, o show contou com as famosas canções “Eu Não Matei Joana D’arc” e “Hoje” do Camisa de Vênus. O público em nenhum esqueceu que estava perante do grandioso grupo e seguiu a tradição do show deles gritando “Bota pra Fudê” nas pausas entre as canções.

A noite foi perfeita para os amantes de rock and roll e nos faz lembrar que nem só de carnaval vive o Rio de Janeiro! Viva o rock nacional!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA